OLÁ, SEJA BEM VINDO!

O SÓCIO EM 1° LUGAR!

PLACAR DO JOGO

DÊ O SEU PALPITE PARA O PRÓXIMO JOGO DO INTER

X

Jogo dia / às :

Local:

Diga NÃO à senda de derrotas!!!

Publicada em 28/11/2019

Sócio(a) e torcedor(a) colorado(a),

Há nove anos a senda colorada vem sendo radicalmente alterada, dentro e fora das quatro linhas, de forma que a experiência atual, em sentido contrário ao das mais legítimas expectativas dos(as) colorados(as), está na base de sentimentos - que as palavras não dão conta de expressar - de manifestações e de atitudes que transitam entre a frustração e a indignação. Algumas atitudes reprováveis, que também se fazem presente, são aqui desconsideradas.

Sabe-se que nas quatro linhas - FUTEBOL - considerados os atores e os cenários a elas diretamente relacionados, as perspectivas são pífias com uma modesta expectativa de garantir uma vaga para esta e/ou aquela competição, para que o calendário, em 2020, possa estar à altura do Campeão de Tudo. Por outro lado, fora das quatro linhas - POLÍTICA E GESTÃO - que incidem diretamente na atividade principal do Clube, o Futebol, será disputada, em dezembro, uma partida decisiva, que poderá marcar e condicionar negativamente o futuro do Sport Club Internacional, a saber: a votação da Reforma Estatutária. O processo de votação acontecerá nos dias 13 e 14 de dezembro pelo SITE do clube, e, no dia 15 de dezembro, presencialmente, no Salão do Conselho Deliberativo, localizado ao lado do Portão 7 do Beira-Rio.

Votar NÃO ao que é proposto pela atual Reforma Estatutária é a única maneira de reprovar a sistemática de condução dos diferentes processos, tanto na gestão, quanto no futebol e na política do Sport Club Internacional, consolidados ao longo dos últimos anos. Outro voto seria aprovar e chancelar práticas que nos conduziram, de mal a pior, ao momento atual, mesmo que alguns se empenhem  em atribuir a terceiros o que vivemos, quando, na verdade, estiveram lado a lado ao longo dos anos e, habitualmente, referendaram práticas que estão na base do processo que conduziu o Clube ao limiar de uma década perdida.

Vote NÃO para que o Internacional possa retomar a senda de vitórias, revendo, a seu tempo, o processo de reforma estatutária (2021), com a real e a efetiva participação dos sócios em dia com as suas contribuições, conforme prevê o Art. 61, § 1º  do Regimento Interno do Conselho Deliberativo do Sport Club Internacional: O Associado  em dia com  seus deveres poderá encaminhar proposta de  alteração  ao Estatuto à Comissão de Assuntos Legislativos, Estatutários e Regimentais.

Um processo que define a vida do Clube, como o da Reforma Estatutária, requer o atendimento mínimo dos princípios que devem ser obedecidos no desenvolvimento das atividades do Internacional, em particular da publicidade, consoante ao que prevê o Parágrafo único do Art. 2º do seu Estatuto. No entanto, efetivamente, o sócio(a) colorado(a) foi informado do processo - "Reforma Estatutária: definida a data da Assembleia Geral dos sócios" - apenas pelo e-mail cadastrado no Clube e, no dia 13 de novembro, da votação online e da votação presencial, em Assembleia Geral. Por qual razão as diferentes etapas, previstas no procedimento para a Reforma Estatutária, não foram informadas aos sócios(as) através da mesma ferramenta, ampliando a possibilidade de participação? 

Mudanças praticadas para “jogar para a torcida” e/ou para agradar o eleitorado, aos 43 minutos do segundo tempo, habitualmente se revelam inconsequentes. Sócio(a) e torcedor(a), exija processos efetivamente qualificados, profissionalismo, transparência e responsabilização. Vote NÃO para que a Reforma Estatutária passe por um autêntico e efetivo processo de participação democrática, diverso do realizado em 2019 e que, em síntese, acaba por premiar com a ampliação de tempo de mandato os candidatos que integram o Conselho de Gestão e o Conselho Deliberativo, como se essa fosse a solução mágica para retomar a senda de vitórias. A realidade atual atesta que o tempo de mandato não é causa para conquistas. Sob a mesma gestão, reeleita, estamos há três anos sem uma conquista sequer e o cenário não é alentador, considerados os recursos destinados ao futebol e o retorno obtido nos últimos 9 anos.

É necessário dar um basta à condução do Clube pelos mesmos, "ao continuísmo que pretende se perpetuar". A manutenção do atual tempo de mandato poderá reduzir eventuais danos de uma gestão sem resultados ou que possa comprometer a vida do Clube, como é o caso dos últimos anos.  

O Estatuto do Clube, em seu Art. 2º, dispõe que "Todo o poder emana dos associados, que o exercem por meio de seus representantes eleitos ou, diretamente, nos termos deste Estatuto". Que o poder do sócio seja valorizado e respeitado! Que os "representantes" não pretendam ser "substituintes" dos sócios(as).

Vote NÃO para mudar, mudando!

Acompanhe o MOVIMENTO nas redes sociais e venha fazer parte deste grupo de colorados apaixonados pelo Sport Club Internacional, como integrante ou como simpatizante, preenchendo o cadastro que pode ser acessado clicando aqui.

O SÓCIO EM 1° LUGAR

MOVIMENTO SÓCIO DELIBERATIVO

Atendimento via WhatsApp