OLÁ, SEJA BEM VINDO!

O SÓCIO EM 1° LUGAR!

PLACAR DO JOGO

DÊ O SEU PALPITE PARA O PRÓXIMO JOGO DO INTER

X

Jogo dia / às :

Local:

Na contramão do momento!

Publicada em 30/08/2018

Sócio Colorado,

Com determinação tática, capacidade física e empenho coletivo, encerramos com êxito as atividades do futebol em agosto de 2018, na busca da realização de um desejo acalentado há décadas: o título do Brasileirão. No mesmo terreno, contando com o profissionalismo do Diretor Executivo do Departamento de Futebol, tomou corpo a ideia de reforçar o grupo profissional com a contratação de Paolo Guerrero que, com sua capacidade de mobilização natural dos sócios e torcedores, ampliará a visibilidade do Clube.

Na contramão do percurso construído pelos processos estabelecidos no Futebol, o Conselho de Gestão, na pessoa do Presidente Marcelo Feijó de Medeiros, solicitou, no dia 16 de agosto de 2018, a inserção, em pauta, da reunião do Conselho Deliberativo com a "proposta de Reposição Inflacionária nas Mensalidades de Sócios" (25%), item incluído, sob o número VIII, na Ordem do Dia da Sessão Extraordinária realizada em 27 de agosto de 2018.

Dada a relevância do tema, sócios colorados, integrantes do SÓCIO DELIBERATIVO, Acorda Conselho e Sócio Independente Colorado, promoveram um abaixo assinado que, mesmo com a limitação do prazo, recolheu mais de quinhentas assinaturas, em documento destinado a requerer a supressão deste item da ordem do dia ou, ainda, a sua reprovação, dada a necessidade de ampliar o debate sobre a questão, envolvendo os associados, que são o alicerce e força propulsora do colorado, e devem participar, com vez e voz, nos processos decisórios da vida do Clube. Clique aqui e confira o conteúdo do requerimento.

Não obstante tenha sido destacada a importância de dar um tratamento diferenciado à questão do aumento das mensalidades, em reunião prévia da Mesa Diretora do Conselho com os Coordenadores de Movimentos Políticos, para ampliar o debate e propor uma solução que atenda às demandas do Clube, valorizando os associados, os encaminhamentos dados foram em sentido contrário.

A apresentação da proposta pelo Conselho de Gestão lançou mão de dados recortados, de modo a suscitar a adesão à mesma. Dados que podem ser identificados na matéria publicada hoje (30/08), divulgando o aumento proposto, da ordem de 25%, excetuada as categorias Parque Gigante e Academia do Povo, já para o mês de setembro, a saber: "Nos últimos quatro anos e meio, o Sport Club Internacional manteve fixos os valores das mensalidades, apesar da inflação". Como assim? Por qual razão o texto retrocede, especificamente, a fevereiro de 2014, excluindo janeiro do mesmo ano? Tal afirmação contrasta com aquela que consta da proposta apresentada ao Conselho Deliberativo: "Apesar deste cenário, a preocupação do Sport Club Internacional com seus sócios fez com que o Clube mantivesse o valor das mensalidades inalterado por longo período, desde 2014". Desde 2014? Por qual razão não anuncia desde fevereiro de 2014, para atender ao enunciado posteriormente publicado na matéria referida (4/5 anos)? É óbvio. O recorte na informação é crucial para sensibilizar a adesão dos Conselheiros à proposta e minimizar as manifestações contrárias. Como falar de transparência em tal contexto, visto que ela é um dos princípios que deve ser obedecido no desenvolvimento das atividades do Clube, incluídas as do Conselho de Gestão. A razão para a falta de transparência seria o dever de computar o aumento de 30,76% havidos em janeiro do mesmo ano, por exemplo, para o Sócio da modalidade Carteira Vermelha, cuja mensalidade passou de R$ 65,00 para R$ 85,00? Ademais, o mesmo sócio, em agosto de 2015 teve a sua mensalidade reajustada para R$ 100,00 (17,64%). Na verdade, foram 48,4% de aumento, que acrescido daquele proposto e aprovado, passa a ser da ordem de 73,4% desde 2014.

Os questionamentos e as propostas apresentadas por aqueles que solicitavam um tratamento diferenciado para o tema foram atropelados por conselheiros alinhados à atual gestão. É este mesmo alinhamento político que aprovou o déficit da ordem de 62,5 milhões no exercício 2017 da atual gestão e, sem demandar um tratamento qualificado dos diferentes aspectos da vida do Clube, como conter gastos, executando à risca a previsão orçamentária, prefere aumentar as receitas às custas do quadro social, já bastante sacrificado num momento em que a situação econômica da população é difícil.

O SÓCIO DELIBERATIVO renova a convocação para que o associado se faça presente em todos os eventos esportivos no mês decisivo que iniciaremos, apoiando e incentivando os nossos atletas, para que possamos lograr êxito na campanha do Brasileirão 2018. Convidamos você para acompanhar e participar do processo que irá culminar no pleito eleitoral 2018, pois a renovação do Conselho Deliberativo se faz necessária. Contamos com a sua atenção para mudar, mudando!

O SÓCIO EM 1° LUGAR

MOVIMENTO SÓCIO DELIBERATIVO


Atendimento via WhatsApp